Universidade Federal do Pará

Centro Especializado em Segurança Alimentar e Nutricional - CESAN

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
E-mail Imprimir PDF

PROJETO: Estudo de identificação, intervenção, monitoramento e impacto de carências nutricionais em populações quilombolas ribeirinhas da região do Baixo Amazonas-PA.


EDITAL: FAPESPA – Edital: 013/2009


PERÍODO: 2010-20123


EQUIPE:

Rosilene Costa Reis

João Farias Guerreiro

Xaene Maria Fernandes Duarte Mendonça

Rosielle Souza Pegado

Rosa Maria Dias

Evander de Jesus Oliveira Batista

Yonah Leda Vieira Figueira

Estela Fonseca Dória

Andrea das Graças Ferreira Frazão

Ana Paula Pereira de Oliveira

Ana Lúcia da Silva Rezende

Luisa Margareth Carneiro

Fátima Sales Angelin

Lorenny Costa


OBJETIVOS


Geral

Estudar a identificação, intervenção, monitoramento e impacto de carências nutricionais em populações quilombolas ribeirinhas da região do Baixo Amazonas-PA.


Específicos

Caracterizar as práticas alimentares e a prevalência das carências nutricionais das populações quilombolas.

Avaliar o estado nutricional através das variáveis antropométricas e de inquéritos de consumo alimentar. Verificar a oferta de energia (kcal/kg/dia), proteína (g/kg), e o consumo dos micronutrientes Fe, Ca, P, Zn e outros e Vitamina C, analisados com base nas DietaryReferenceIntakes - DRIs.

Descrever as características geográficas, sócio-econômivas, culturais, dos sistemas sanitários das comunidades assistidas.

Promover ações curativas/preventivas para minimizar causa e efeito relacionadas às carências nutricionais. Contribuir com os programas do governo implantando o Programa de Suplementação de Ferro e Alimentando o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional.

Mensurar o impacto das ações de saúde curativas/preventivas sobre as possíveis carências de ordem nutricionais previamente identificadas com intuído de fornecer um modelo de assistência em saúde na atenção básica para populações ribeirinhas.


MÉTODOS


Tipo de estudo


Este estudo consta de quatro desenhos metodológicos, a saber:

Estudo transversal: No primeiro momento, será realizado um mapeamento geográfico na área do Erepecuru descrevendo, por meio de utilização de GPS, a localização das comunidades remanescentes de quilombos, casa e famílias; perfil sócio, econômico, cultural, ambiental, de saúde, nutrição, sistemas de produção de alimentos e acesso aos serviços disponíveis pelo SUS.

Estudo de intervenção: Após diagnóstico situacional da comunidade serão aplicadas medidas curativas e preventivas durante a execução do projeto.

Estudo de monitoramento: Serão selecionados indicadores interferentes na absorção/utilização dos micronutrientes pelo organismo, quais serão monitorados por dois anos. Esses indicadores serão trabalhados ao longo de dois anos com a aplicação de atividades educativas/preventivas.

Estudo de impacto: No final do projeto, será realizada a avaliação de impacto das ações por meio dos indicadores selecionados.


População de estudo


A população deste estudo constará de famílias residentes no território quilombola Erepecurú no município de Oriximiná-PA.


Aspectos éticos


Todos os critérios clínicos e metodológicos deste plano de trabalho foram aprovados pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Pará, cumprindo os termos da Resolução 196/96 do Conselho Nacional de Saúde.